Narrating Homophobia and the Closet in Portugal: Guilherme de Melo and the Emergence of Queer Canons

Timothy McGovern
PDF extract preview

This is a PDF-only article. The first page of the PDF of this article appears above.

Resumo

Este estudo propõe analisar a falta de desenvolvimento dum cânone de literatura portuguesa homossexual, apesar do crescente aparecimento de obras escritas por autores homossexuais que tratam abertamente a temática ‘queer.’ Aqui a proposta é que a homofobia, neste contexto, permeia tanto a produção destes autores como as opiniões publicadas dos mesmos sobre a sua obra e a literatura ‘queer’ portuguesa em geral. A hipótese de que a homofobia é o elemento que inspira, e que é ao mesmo tempo o maior obstáculo à disseminação da literatura ‘queer,’ é explorada com o exemplo do autor português mais prolífi co de romances de temática homossexual, Guilherme de Melo.

This article requires a subscription to view the full text. If you have a subscription you may use the login form below to view the article. Access to this article can also be purchased.

Log in through your institution

Purchase access

You may purchase access to this article. This will require you to create an account if you don't already have one.